petronas_towers_capa

O que você precisa saber antes de ir à Kuala Lumpur e 3 lugares para incluir no roteiro

Kuala Lumpur é a capital e maior cidade da Malásia. A população formada principalmente por chineses, mulçumanos e indianos reúne culturamentemente hábitos e crenças distintos que se mesclam ao redor da cidade. É interessante ver essa mistura nas ruas.

Nesse post você vai ver as dicas principais para sua visita e 3 lugares para incluir no seu roteiro à Kuala Lumpur.

Melhor Câmbio Dólar

1) Moeda

A moeda da Malásia é o Ringgit Malaio (MYR), você não vai encontrar no Brasil mas consegue trocar dólar ou euro no aeroporto ou nas áreas comerciais da cidade.

Na minha viagem feita em maio de 2019, um dólar era equivalente a 4,13 MYR. 700 MYR foram mais do que suficientes para 2 dias e meio (sem contar a hospedagem) mas as coisas por lá são relativamente baratas.

2) Visto

Não é necessário visto para a Malásia, mas o país exige o Certificado Internacional de Vacinação contra a febre amarela. Ninguém me pediu ao entrar no país mas vale a pena ter em mãos.

3) Idioma

O idioma falado em Kuala Lumpur e em toda Malásia é o Bahasa Melayu (também conhecido como malaio), alguns falam mandarim e tâmil. Grande parte da população consegue se comunicar em inglês e nos locais públicos geralmente há placas em inglês também.

4) Temperatura

Os meses mais secos são junho, julho e agosto, mas faz calor durante todo o ano. Aquele calor úmido mesmo, que no Brasil é comum sentirmos em Manaus rs.

5) Como chegar

De avião, vale a pena comprar a passagem pela cia aérea low cost Air Asia. Mesmo pagando para despachar a bagagem o preço é bem em conta.

De Singapura a passagem ida e volta, com mala de 20 kg e taxas saiu por $115 dólares (valor de maio/2019).

6) Aeroporto-Cidade

O aeroporto é BEM distante do centro da cidade. De carro sem nenhum trânsito (coisa rara por lá, a menos que seja de madrugada) são quase 60 km em 1 hora. Também é possível pegar o trem expresso. De Grab (o “Uber” da Ásia), a viagem saiu por 79 MYR contra 55 MYR de transporte público (o valor varia de acordo com a estação que você vai descer). Como estávamos em 2 pessoas, optamos pelo Grab.

Foi o nosso maior custo em 2 dias e meio pela cidade.

7) Transporte na cidade

Ficar hospedado perto de uma estação de metrô é sempre muito útil e dá pra chegar nos principais pontos turísticos.

Linha principal do metrô

Linha principal do metrô

Usar o metrô é simples e o valor é informado pela máquina quando você informa a estação que vai descer. Caso tenha comprado errado é só pagar a diferença ao sair (a sua ficha vai te denunciar rsrs).

A ficha que é o ticket do metrô

A ficha que é o ticket do metrô

Regras nos metrôs e trens: nada de namorar

Regras nos metrôs e trens: nada de namorar

Há vagões só para mulheres também

Há vagões só para mulheres também

8) Boas compras

Kuala Lumpur é conhecida como a cidade das compras, até pelos preços em conta comparado com Singapura.

Para souvenirs recomendo o Central Market Kuala Lumpur, próximo à Chinatown. Se quiser conhecer um shopping, além do shopping que fica no prédio da Petronas Towers vale a pela conhecer o Pavilion Mall.

Entrada do Central Market

Entrada do Central Market

O mercado é bem organizado inclusive por diferentes culturas

O mercado é bem organizado inclusive por diferentes culturas

Souvenirs do Central Market

Souvenirs do Central Market


Seguros Promo

3 lugares para incluir no roteiro

Apesar de ser a maior cidade da Malásia, 2 dias são suficientes para conhecer Kuala Lumpur. Veja os locais interessantes para você conhecer.

1) Petronas Towers

O arranha-céus mais conhecido de Kuala Lumpur é também o sexto prédio mais alto do mundo.

petronas_towers_kualalumpur

Feito com estrutura de aço e vedação em vidro, o prédio foi inspirado na arte islâmica, um reflexo da herança muçulmana da cidade.

Por fora a estrutura impressiona. Por dentro um belo shopping com várias lojas de grife.

2) Rooftop Bars

Se durante o dia as Petronas Towers são impressionantes a noite fica difícil até descrever.

Petronas Towers a noite

Petronas Towers a noite

Considero a visita a um rooftop bar obrigatória pra ver as torres de uma altura mais digna. Também é possível observar a Torre de Kuala Lumpur que eu não cheguei a visitar, mas fica linda iluminada.

Torre de Kuala Lumpur

Torre de Kuala Lumpur

Eu fui no Heli Lounge Bar, que é uma excelente dica para ver o pôr do sol. Mas também há outros bares que pesquisei e parecem interessantes como o Luna Bar ou o SkyBar Traders Hotel.

Os drinks no Heli Lounge Bar variam de MYR 28 a MYR 86

Os drinks no Heli Lounge Bar variam de MYR 28 a MYR 86

O Heli Lounge também tem um restaurante com pouca variedade. O tagliatelle al salmone custou MYR 42

O Heli Lounge também tem um restaurante com pouca variedade. O tagliatelle al salmone custou MYR 42

3) Batu Caves

Um pouco mais afastado do centro da cidade em Gombak (mas não tão longe como o aeroporto rs, apenas 13km) estão as Batu Caves.

batu_caves

As Batu Caves são formadas por uma série de cavernas e templos que ficam em uma colina.

Na entrada uma estátua de Murugan – o Deus da guerra e da vitória – dá boas-vindas aos visitantes e impressiona com os seus 40m de altura na cor dourada.

Para entrar no templo tem que cobrir pernas e ombros. Paguei MYR 5 por esse lenço, no final da visita eles devolvem MYR 2.

Para entrar no templo tem que cobrir pernas e ombros. Paguei MYR 5 por esse lenço, no final da visita eles devolvem MYR 2.

Para chegar ao topo das Batu Caves é bom estar com a academia em dia para subir os 272 degraus. Também recomendo não levar comida se você não quiser ser roubado (a) pelos macacos.

entrada_batu_caves

batu_caves_interno

Dentro da Batu Caves: mais escadas

Dentro da Batu Caves: mais escadas

Os macaquinhos rondam a Batu Caves

Os macaquinhos rondam a Batu Caves

Gostou das dicas de Kuala Lumpur? Se quiser acrescentar alguma coisa, complemente nos comentários.

E para ver como foi a viagem no Instagram, clique aqui.




Booking.com

Patricia Furlan

Publicitária, psicanalista e apaixonada por viagens.

Comentários

Comentários

Leave a Comment

Sobre a autora

Olá! Meu nome é Patrícia Furlan e sou paulistana, publicitária, psicanalista e apaixonada por viagens! Aqui você encontra minhas dicas de roteiros, cultura, gastronomia e experiências de turismo.

Reserve seu hotel

Booking.com

Melhor cotação de câmbio

Faça a sua reserva no AirBnb

Desconto AirBnb 250x250