Paraty: fuga para um final de semana

Paraty: fuga para um final de semana

Paraty é um município do litoral Oeste do Rio de Janeiro. Para quem não conhece muito a cidade, Paraty tem um Centro Histórico desses bem tradicionais, com ruas de pedra onde é proibida a entrada de carros. O município também é conhecido por alguns eventos tradicionais, como o carnaval da cidade e a FLIP (Feira Literária Internacional de Paraty).

Esse foi o destino de um fim de semana em setembro de 2013 por conta de um outro evento bacana que acontece por lá (e que era um simples desconhecido para a minha pessoa até então): o Festival Internacional de Fotografia – Paraty em Foco. O festival possui exposições a céu aberto, então você se encanta com o evento só de andar pelas ruas.

Igreja Matriz e as fotos do Paraty em Foco

O destino é indicado para todos os gostos: para quem quer gastar muito ou não. Para os que se encaixam no segundo grupo, recomendo que não sigam os restaurantes indicados pelos guias de turismo, pois a maioria deles são caros.

Saímos de São Paulo na sexta-feira de ônibus da rodoviária do Tietê. Compramos a passagem da cia Reunidas pela internet mesmo, no site da NetViagem e retiramos antes de embarcar. Cuidado: o ônibus sai pontualmente, então não se atrase para não ficar pra trás (nós quase ficamos rs). A viagem dura cerca de 5/6 horas.

Na minha opinião não vale a pena ir de carro se você ficar hospedado dentro do Centro Histórico, porque não é possível entrar com o carro e a rodoviária é bem pertinho (só não vá pagar mico e chegar com uma mala gigantesca de rodinha rs).

No feriado de setembro de 2018, ficamos hospedados em um AirBnb muito agradável, localizado na Rua do Fogo, uma das principais do Centro Histórico. A casa era um charme e o host foi sensacional! (Esse parágrafo foi atualizado em setembro de 2018 pois a hospedagem anterior fechou).

 

hospedagem-paraty

 

Se você nunca reservou uma hospedagem pelo AirBnb, aproveite e ganhe um crédito de R$130 efetuando o cadastro nesse link.

Sábado de manhã acordamos e já fomos olhar as exposições de foto pelas ruas. Poucas lojinhas estavam abertas, algumas abrem depois das 10h ou ainda mais tarde. Ficamos um tempo na praia, não resistimos com o calor e então seguimos em direção à Pistache, sorveteria bem tradicional de lá. Voltamos para a praia e encontramos na Praia do Jabaquara um quiosque muito simpático chamado Balacobacco. O lugar é tão agradável que ficamos a tarde toda por lá.

Quiosque Balacobacco na praia do Jabaquara

A noite, decidimos jantar em um restaurante italiano chamado Miracolo. Eu escolhi o tradicional spaghetti a carbonara, que era bom, mas…. já comi melhores rs. Lá também tem gelatto italiano para quem quiser se deliciar. (Veja esse post atualizado em 10/09/2018 com dicas de doces em Paraty)

 

Gelatto italiano na Miracolo

 

Indo para a região da Igreja Matriz, região mais movimentada a noite, você também consegue beber uns drinks diferentes nas barraquinhas por R$10. Vale a pena experimentar!

No domingo, dia de partir. Mas ainda conseguimos voltar para a Praia do Jabaquara pela manhã e almoçar no Bem Brasil, que tem “menu do dia” por um preço super acessível, pena que a qualidade deixou a desejar: a comida demorou mais de 1 hora para chegar e não veio muito quentinha. Mas era gostosa!

Depois do almoço, partimos de volta para a rodoviária!Caso você visite Paraty em um fim de semana que não tem eventos, aproveite para fechar o passeio das Cachoeiras com alguma agência local e visita aos alambiques. É um passeio super legal.

Se você quer um roteiro de fuga para o final de semana, fica a dica de Paraty. Se estiver calor, melhor ainda! :)

Informações sobre os locais citados:

  • Paraty em Foco

Programação e fotos do evento: www.paratyemfoco.com

Localização: Rua Dona Geralda, 211 – Centro Histórico
Ponto de Referência: Praça da Igreja Matriz

  • Miracolo

Localização: Rua da Cadeia, s/n
Ponto de Referência: Igreja Matriz, vai ser fácil encontrá-lo por causa do movimento na entrada graças ao famoso gelato.

  • Bem Brasil

Rua Domingos Gonçalves de Abreu, 198
Ponto de Referência: Praça do Chafariz

Patricia Furlan

Publicitária, psicanalista e apaixonada por viagens.

Comentários

Comentários

Posts Relacionados

Leave a Comment

Sobre a autora

Olá! Meu nome é Patrícia Furlan e sou paulistana, publicitária, psicanalista e apaixonada por viagens! Aqui você encontra minhas dicas de roteiros, cultura, gastronomia e experiências de turismo.

Booking.com